domingo, 2 de agosto de 2009

Entendendo melhor Vidas Passadas

Observamos que os mecanismos desenvolvidos pela mente para não enfrentar os conflitos internos são incríveis até que nos encorajemos a enfrentá-los através do auto-conhecimento.

A regressão descondiciona os bloqueios emocionais e mentais imediatamente. Realmente limpam as latas de lixo da mente que possuem dinamismo poderoso e, sempre que vêm à tona para serem ressignificados, o fazem de forma gritante e constantemente para serem curadas. Estamos ja em período aquariano, quando as regressões atuais, além de somadas às constelações, são muito mais profundas que as de décadas atrás.

A intrigante superimposiçao de fatos se dão para que as feridas deixadas para trás sejam curadas. São os chamados erros de repetição apelando para serem curados, além das reações do passado que se sobrepõem às próprias reaçoes do presente Ambos mecanismos atuam como tendências latentes que influenciam fortemente nosso destino. São ondas externas (carma) e internas (traumas, cicatrizes mentais) enviadas ao individuo para que sejam ressignificadas.

O sofrimento é a impossibilidade de racionalizar, é a ausência de conhecimento e sabedoria, seja ele decorrente de traumas, medos, doenças, bloqueios, limitações...

Substituir pensamentos mecânicos e incessantes da mente reacional pelo pensamento luminoso do transformado corpo astral é a verdade que deve nos nortear.

A prosperidade vem quando o terapeutizando está pronto para se conhecer e assumir conflitos. Ficar doente é uma forma que utilizamos para evitar ver a origem dos nossos conflitos internos As curas mais incríveis são aquelas que usam a terapia para se auto-conhecer e não para se curar, em regra geral.

A regressão permite expansão de consciência, despertar da visão espiritual.

A visão superior nos permite continuar o processo de exploração psicológica de modo vertical, nas camadas mais profundas do corpo astral e alcançar experiência metafísicas do Self. Permite ainda viajar longe no espaço interno e mundos intermediários do período desencarnado, o contato com seres de luz e o reconhecimento da influencia de varias criaturas não físicas.

Com a regressão tendemos a não sofrer porque nos desapegamos mentalmente, isso diminui o sofrer na vida E através da mesma ferramenta passamos a discernir emoção de sentimento e nos ascender: Emoções são reações e não nos permite envolver o Self, o Eu-Superior (raiva, ciúme, amor apaixonado). Roubam parte de nosso ser, estão baseadas em agarrar.

Emoção pertence a mente e nos faz viver apenas no nosso mundinho.

Sentimentos são incondicionais (amor elevado, compaixão, calor de alma, entusiasmo). Sentimento não pertence a mente e sim nos revela parte de nosso Eu Superior. São estáveis e não consideram reações. Está baseado em deixar ir e nos permite viver no mundo. É um despertar multidimensional, onde a plenitude do ser é vivida.

E você, como anda? Seu amor é emoção ou sentimento?
Quer amar com emoção ou sentimento?
Até a próxima!
LUX & PAX
Crisanne F Braga - Terapeuta de Vidas Passadas

9 comentários:

  1. Lúcia Chaves Hoffman - João Pessoa - PB2 de agosto de 2009 21:19

    Tenho um certo receio em entrar para fazer uma regressão e me deparar com algo desconhecido que eu não esteja preparada para vivenciar.Na minha vida aconteceram sempre "coincidências".Casei com um viúvo que nunca tinha visto,mesmo morando na mesma cidade,e que ele e toda a sua família:esposa e filhos frequentavam a minha clínica sempre,claro,em horários diferentes e com quem nunca cruzei.Sou dentista e trabalhava com um sócio,era por ele que procuravam e nunca os vi.Afora essa, as coincidências foram sempre marcantes.O meu marido é filho de Alemão e o meu pai,no passando havia trabalhado com pessoas ligadas ao pai dele. E, lá se vão as coincidências,cada dia descubro outras.Papai não gostava de alemão.Sei que nada acontece pior acaso mas,tenho receios .Procuro levar uma vida usando o que Deus me deu de bom,levando ao meu próximo toda bondade e solidariedade, o que tiver de bom dentro de mim.Fujo da maldade,da intriga.Sou muito da PAZ.Adoro GENTE,PESSOA.Beijoss.Você inspira PAZ

    ResponderExcluir
  2. Olá, Lúcia! Sua pergunta é bastante oportuna e acredito que seja uma das dúvidas e medos da maioria e então, venho compartilhar sobre: O que nos é trazido é sempre aquilo necessário ao presente, ao equilíbrio, à expansão de consciência, à libertação, enfim à paz. À medida dos desbloqueios e da evolução de cada um, vão sendo acessado o que já se tem condições. Do contrário, não viria à tela mental ou a percepção do terapeutizando, como auto-defesa. Particularmente, não fui diferente da maioria e tinha medo também de saber de coisas 'indesejáveis' do passado... Contudo, tudo ocorre perfeitamente e nada seria trazido ao conhecimento sem consentimento da alma e no momento certo. À medida da busca de sabedoria fui desmistificando falsos conceitos à respeito desta belíssima ferramenta de cura. Obrigada pelo carinho, Lúcia e seja sempre bem vinda! Envie mais questões ou comentários, tá bem?!

    Normalmente de início, quando se pensa que iremos dar de cara com algo ruim em TVP, revivemos momentos maravilhosos para nos despertarmos para o quanto já fizemos feliz e já fomos felizes. É sempre bom lembrar disso, porque tenho toda convicção que estamos aqui pra vivermos o amor, hoje, agora e sempre!

    ResponderExcluir
  3. Lúcia Chaves Hoffmann - João Pessoa - PB2 de agosto de 2009 21:29

    Ola, Crisanne Obrigada por gostar de minha cidade,quando veio por aqui? Muito bom ter respondido com tanta rapidez e clareza.Entendi. Uma pergunta:os desbloqueios são acessados a medida em que temos condições espírituas quer dizer, temalguma coisa a ver com a nossa evolução espiritual? Existe algum merecimento para tanto? Tomara que possa contar com você nesse aprendizado. Beijo afetuoso!

    ResponderExcluir
  4. Respondendo a sua pergunta, Lúcia: Alguns muitos fatores que podem interferir, como a evolução nesta vida, a capacidade de abertura a uma técnica não convencional, porém de visão holística, com o assunto a ser tratado, com a profundidade do bloqueio ou do trauma, etc. Tanto que há pacientes que acessam com tal desenvoltura, outros vão galgando com o tempo, tornando-se expert na viagem para dentro de si mesmos devido aos desbloqueios gradativos. Além de que cada um possui seu perfil especial, na verdade não há regra, estou apenas generalizando. Contudo, independente da evolução, cada qual tem sua maneira especial de acessar, excetuando-se grávidas e doentes mentais graves por não termos respaldo teórico e laboratorial à respeito da utilização da técnica nestes pacientes que esteja no alcance do meu conhecimento neste momento. Todavia, já se aplica a TVP em CRIANÇAS e ADOLESCENTES.

    Quanto à questão 'merecimento', fica por conta da autoria de cada um, pois em se tratando de uma técnica iluminadora, cabe a própria pessoa julgar-se merecedora ou não. É como lutar para crescer no mundo material, assim como desejar expandir-se espiritualmente a partir do auto-conhecimento, uma atribuição inerente ao ser humano. É acessível à todos que desejarem!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo blog, está fantástico!!
    Daniela - Udi

    ResponderExcluir
  6. Ola
    achei seu blog em uma busca que fazia no google!
    gostaria mto de sua ajuda!

    mha noiva conheceu um cara,que disse pra ela q eles se conheciam de vidas passadas e ela esta querendo terminar nossa relação que tem 5 anos pra ficar com o cara!

    o que eu faço pra ela nao cometer esse erro???? espero a sua ajuda

    ResponderExcluir
  7. Olá, Leonardo. Agradeço o contato. Peço a gentileza de deixar seu email ou encaminhar sua solicitação por email. Certamente através da terapia, você poderá fazer muitíssimo a você mesmo e a vivenciar os fatos e mudanças com serenidade e gratidão, sempre com a consciência de nortear sua vida rumo à felicidade. Quanto a sua noiva, ela está no seu livre direito de escolha, o qual devemos respeitar, a não ser que ela também busque orientação. Neste momento você está entendendo que a escolha dela é equivocada, mas pode ser que seja acertada. Caso deseje se agendar para terapia, basta contatar!

    ResponderExcluir
  8. Olá,vcs fazem atendimento em João Pessoa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Bia, atendo pessoas de todos os lugares da língua portuguesa e inglesa, seja de onde estiver, basta ter acesso a internet para conversarmos em vídeo. Informações em crisannegalaske@gmail.com Obrigada pelo interesse, Crisanne

      Excluir

Participe aqui com sua pergunta ou comentário que responderei.
Antes de clicar em 'Enviar comentário', copie-o antes.
Se preferir poderá enviar por e-mail no crisannebraga@gmail.com
Obrigada pela participação!